contato@comunicabc.com.br

29 de fevereiro, 2024

logo transparente escrito para fundo branco

O que são criptomoedas? Saiba tudo!

Criptomoedas

Criptomoedas são ativos digitais gerenciados com algoritmos criptográficos. Para quem não sabe, criptografia é um código digital acessado com senha que não pode ser rastreado.

Outra informação que você precisa saber é que as moedas digitais são diferentes das moedas físicas. Enquanto o real é controlado pelo governo, as criptos não são gerenciadas por uma instituição e nem por autoridades políticas.

Os bancos centrais emitem notas de dinheiro. Por exemplo, o Banco Central do nosso país é responsável pela remessa de notas e assim controla o mercado financeiro.

Já as  criptomoedas são independentes de um banco comercial ou central. Como resultado, você corre um risco maior com criptos.

Isso porque os valores delas mudam todos os dias. Você pode comprar a moeda por um valor e dentro de alguns dias ele dobrar de preço. Mas o contrário também pode acontecer e na desvalorização você perde o que investiu.

É por isso que as criptomoedas são consideradas investimentos de alto risco.

Como as moedas digitais funcionam?

Muitas criptomoedas funcionam com a tecnologia blockchain. Com essa técnica, os usuários podem acompanhar as transações digitais em conjunto, sem o envolvimento de um cartório ou banco.

Essas transações são feitas através de corretoras, também chamadas de exchanges.

Esse blockchain consiste em centenas de computadores em todo o mundo que monitoram todas as alterações no banco de dados. 

O bom deste sistema é que ele se torna difícil de hackear, dando mais segurança aos usuários e garantindo as transações.

O bitcoin não é a única moeda que existe. São mais de 2.000 criptos disponíveis no mercado e muitas delas estão se tornando cada vez mais populares e valiosas.

Entre elas o Ethereum (ETH), Shiba Inu (SHIB), entre tantas outras que estão se destacando no mercado.

Essas moedas são chamadas de altcoins e estão se mostrando tão interessantes quanto a moeda original que foi criada por Satoshi Nakamoto.

Como moeda principal, o bitcoin se destaca por ser conhecido como “ouro digital”, pois é valioso, escasso e não sofre regulamentação por nenhuma agência governamental.

Todas as demais moedas também são assim. É por isso que seus valores mudam constantemente.

Para que você entenda, o preço das moedas digitais é determinado pela oferta e demanda, assim como o ouro.

Quanto mais gente quiser comprar, mais caro fica. Quando o interesse cai, a moeda desvaloriza.

Como é feita a negociação de criptomoedas

A negociação é vista como uma maneira de ganhar dinheiro dentro da criptomoeda.

Os investidores são atraídos para este mercado porque podem multiplicar suas aplicações. Para isso, é necessário esperar o retorno a longo prazo.

Os ganhos seguem o mesmo sistema de ações. Você compra na baixa e vende na alta. Dessa forma consegue ter lucro interessante.

Mas também há aqueles que investem sem o interesse de vender suas moedas digitais, pensando apenas em criar uma carteira capaz de ajudá-los a manter o dinheiro salvo e com rendimentos significativos.

Mesmo com as promessas de ganho rápido, é preciso ficar atento! As criptomoedas são investimentos de alto risco. Assim, invista nesse mercado apenas o valor que você pode perder.

Tags:

Redação Freud Online

Redação Freud Online

O Freud Online é um portal que traz as principais artigos para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos publicados​